KIT MODERNISMO 22
KIT MODERNISMO 22
KIT MODERNISMO 22
KIT MODERNISMO 22
KIT MODERNISMO 22
KIT MODERNISMO 22

KIT MODERNISMO 22

R$ 175,00
R$ 220,00

PROMO DE LANÇAMENTO!

A arte cria, o vinho copia. Desenvolvemos o kit comemorativo da Semana de Arte Moderna de 1922 e veja no que deu ūüėĚ

O KIT CONT√ČM:

  • 1 garrafa de vinho ros√© seco | 750ml | edi√ß√£o 1922
  • 1 garrafa de vinho branco seco | 750ml | edi√ß√£o 2022

Voc√™ j√° deve ter visto a gente falando isso por a√≠. Dessa vez, escolhemos copiar daqueles que inspiraram toda a miss√£o por tr√°s do 22; modernizar o vinho. Quando falamos sobre a Semana de Arte Moderna de 1922 gostamos de buscar como refer√™ncia principal a vontade de se relacionar com o Brasil e a ruptura com padr√Ķes europeus de consumo e representa√ß√£o de arte.¬†

Dessa mesma forma fazemos com o vinho. N√£o acreditamos em uma categoria de produtos que seja excludente e n√£o se comunique com o p√ļblico que consome e principalmente, que reproduz ideias de que somente o que √© produzido fora do Brasil tem qualidade.¬†

Por isso a celebração do Centenário da Semana de 22 é tão importante para nós e por isso decidimos homenageá-lo com o lançamento de dois novos rótulos; o 1922 e 2022. 

VIN√ćCOLA

Giaretta

O KIT CONT√ČM

2 garrafas de vinho com 750 ml cada

1922

Para a constru√ß√£o do r√≥tulo que celebra 1922, buscamos refer√™ncias em nomes que foram expoentes da Semana de Arte Moderna, tanto pela contribui√ß√£o quanto pelas provoca√ß√Ķes feitas na √©poca. √Č poss√≠vel encontrar alus√Ķes √†s obras de Di Cavalcanti e Anita Malfatti. 

Anita Malfatti
pode ser considerada um dos pontapés iniciais do Modernismo, já que em 1917 reuniu 53 de suas obras na "Exposição de Pintura Moderna de Anita Malfatti". O evento se tornou um marco do movimento modernista no Brasil.

Di Cavalcanti n√£o s√≥ foi um dos mais importantes modernistas por ter idealizado a Semana de Arte Moderna, como tamb√©m ficou respons√°vel pela cria√ß√£o do ic√īnico p√īster da Semana de 22 e exp√īs 11 de suas obras na ocasi√£o.

Ficha Técnica

UVA

Cabernet Sauvignon, Merlot

TERROIR

Campanha Ga√ļcha | RS

SAFRA

2021

TEMP. IDEAL

9¬ļ a 13¬ļ C

CLASSIFICAÇÃO

Seco

VOL. ALC.

12,5%

2022 

No r√≥tulo que representa a arte moderna atualmente, focamos em questionar o que √© arte e como ela pode ser representada. Dentro da constru√ß√£o do r√≥tulo temos refer√™ncias urbanas e os chamados "easter eggs", m√≠dias escondidas dentro de uma m√≠dia. Te convidamos a descobrir e questionar com a gente. 

Ficha Técnica

UVA

Sauvignon Blanc

TERROIR

Campanha Ga√ļcha | RS

SAFRA

2021

TEMP. IDEAL

9¬ļ a 13¬ļ C

CLASSIFICAÇÃO

Seco

VOL. ALC.

12,5%

as referências

clique na imagem para abrir

a semana de arte moderna

A Semana de 22 uniu intelectuais, pintores, poetas e pensadores para questionarem a arte produzida e, majoritariamente, importada da Europa pro Brasil. Dado isso, a exposi√ß√£o consolidou o in√≠cio de um movimento que teve seus primeiros tra√ßos em 1917, com a ic√īnica exposi√ß√£o de Anitta Malfatti. Foi o que conhecemos como a primeira gera√ß√£o do Modernismo. Uma centena de ano depois, podemos afirmar que as consequ√™ncias daquela Semana em Fevereiro de 1922 tiveram um real impacto muito mais v√≠vido no longo prazo, com desdobramentos e a transforma√ß√£o eterna do olhar art√≠stico dos dias atuais.

clique na imagem para abrir

O 22 nasceu dessa vontade de questionar os c√≥digos e r√≥tulos ‚ÄĒ sem trocadilho ‚ÄĒ por tr√°s da categoria dos vinhos. Estamos consumindo vinhos que estejam alinhados com nossos gostos ou s√≥ buscando nos enquadrar nas regras pr√©-estabelecidas no universo vitin√≠fero?

Um dos detalhes do nosso kit Modernismo 22 √© esse trecho do poema "Lundu do Escritor Dif√≠cil", que vai marcado na rolha. Durante toda a constru√ß√£o do poema, o Ma (somos √≠ntimos e paulistanos) defende com bom humor e ironia a import√Ęncia da cultura popular na constru√ß√£o de uma identidade verdadeiramente brasileira. Essa parte em espec√≠fico fala sobre como sabemos mais os idiomas de outros pa√≠ses do que o nosso pr√≥prio e suas varia√ß√Ķes. De um certo modo, √© tamb√©m uma cr√≠tica √† inclina√ß√£o que n√≥s temos aos estrangeirismos e importa√ß√Ķes ‚ÄĒ e a constante cren√ßa de que tudo que √© importado √© melhor.

na mídia